Como dar seus primeiros passos para investir na bolsa de valores

Com o avanço da tecnologia, se tornou muito fácil negociar ativos na bolsa de valores. O investidor consegue se cadastrar em uma corretora de investimentos e negociar ativos através do próprio celular de forma pratica e rápida, porém, muitas pessoas ainda tem dúvidas na hora de se cadastrar em uma corretora e em qual confiar, pensando nisso, listamos um passo a passo para ajudar pessoas a começarem a fazer seus primeiros investimentos.

Passo 01: Escolha da Corretora de Valores

Uma corretora de valores é uma instituição que faz a intermediação entre o investidor e o mercado financeiro, seu objetivo principal é facilitar a compra e venda de ativos financeiros, como ações, fundos de investimento, titulos, entre outros ativos do mercado…

Ao hora de escolher uma corretora, o investidor precisa se atentar quanto as taxas de corretagem e se a corretora é licenciada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Para se certificar que a corretora está cadastrada na CVM, basta fazer uma pesquisa rápida na sua página de registros. O portal da Comissão de Valores Mobiliários também possui um portal no qual permite consulta de infrações no mercado de valores mobiliários, essa pesquisa é essencial para se proteger de pirâmides financeiras e promessas enganosas de altos ganhos, que vem sendo cada mais mais anunciado em torno da internet. Algumas Corretoras de investimentos como a “Clear”, “Rico”, “XP Investimentos”, “Toro” entre várias outras possuem taxa 0 de corretagem, o que pode ser um diferencial na hora dessa decisão. Feita a escolha, basta fazer o cadastro inserindo seus dados pessoais e os dados da sua conta bancária e lembre-se de não passar o código de SMS e suas senhas para ninguém. É recomendado que o investidor iniciante comece aos poucos, para se familiarizar com a volatilidade do mercado e ir estudando aos poucos.

Passo 02: Defina os seus objetivos

Antes de começar qualquer tipo de jornada, você deve planejar o que você almeja alcançar e em quanto tempo você pretende isso, para isso você deve se planejar financeiramente, respondendo algumas perguntas para si mesmo como: “Qual qual frequência irei investir?”, “Qual valor mensal irei investir?” “Quanto tempo preciso investir X valor para viver de renda passiva?” O ideal é investir em torno de 20 a 30% dos seus rendimentos, mas não se prenda a tais números, o importante nos investimentos é a constância nos aportes, mais até que o valor dos aportes. Use o tempo ao seu favor, lembre-se de aplicar a fórmula de Juros Compostos(M = C ( 1+i)t.), onde M=Montante, C=Capital, i= Taxa de Juros e t=tempo. , Tendo em vista quais serão as suas respostas, você irá saber qual a rentabilidade ideal para você e consequentemente o tipo de investimento que lhe atenderá. Após a abertura da sua conta em uma corretora, você deverá responder a um questionários para descobrir qual o seu perfil de investidor, no qual poderá ser: Conservador, moderado ou agressivo. O investidor conservador é aquele que se guia pela conservação do capital, aplicando em renda fixa e assumindo riscos quase 0, o moderado é aquele que procura focar na eficiência, concilia os riscos e as perspectivas de ganhos sem submeter a grandes riscos, já o perfil agressivo de investidor prefere investir com foco na alta rentabilidade, com exposição ao risco de perdas.

Passo 03: Analisando os ativos

Agora que você já abriu sua conta em uma corretora credenciada a CVM e definiu suas metas e perfil de investidor, está na hora de conhecer os tipos de investimentos e como negocia-los na bolsa de valores dentro da sua corretora. Há 2 tipos de ativos, os de renda fixa e renda variável, a renda fixa é aquela na qual há uma maior previsibilidade da sua rentabilidade, possui regras definidas no antes mesmo da aplicação no titulo, se você é um investidor conservador, certamente esse tipo de investimento é o certo para você, por outro lado na renda variável a rentabilidade varia a todo o momento, positivamente ou negativamente não há previsibilidade. Na renda variável há diversos tipos de investimentos, desde ações de empresas públicas e privadas de todos os segmentos, fundos imobiliários ou criptomoedas. Para encontrar o ativo, basta digitar o código do ativo formado por 4 letras e 1 número ou 4 letras e 2 números, usaremos de exemplo a Petrobrás, seu ativo é PETR4, e pode ter vários dados para análise a qualquer momento em diversas plataformas, sites ou blogs que você pode encontrar uma biblioteca com os ativos e seus respectivos códigos, incluindo informações sobre eventos corporativos, indicadores contabeis e histórico de dividendos.

Related Articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Mais Recentes